STOCK CAR 2019: TRI SERRA


por Sergio Milani
A familia Serra tem o segundo tricampeao na Stock Car. Daniel Serra igualou-se a seu pai, Chico, e obteve seu terceiro titulo na categoria.

Mesmo tendo vantagem, nao foi fácil o seu trabalho. Largando da setima posição, Serra sabia que tinha um bom carro, mas sabia que seu principal perseguidor, Thiago Camilo, estava à sua frente em segundo. O objetivo era ser calmo, mas com a agressividade necessaria.

Na primeira volta, uma grande confusao na parte de trás. Inicialmente, Gaetano di Mauro e Max Wilson se tocaram na Curva do Sol. A seguir, no Laranjinha, Lucas Foresti, Cesar Ramos, Nelson Piquet Jr e Allam Khodair se estranharam e foram parar fora da pista. Resultado : safety car na pista.

A esta altura, Marcos Gomes confirmava a pole, com Thiago Camilo em segundo. Serra ganhou uma posição de Diego Nunes, subindo para a sexta posição, o que lhe garantia o titulo. 

Na terceira volta, a relargada foi dada. E mais confusão: Diego Nunes e Gabriel Casagrande se tocaram na Descida do Lago e logo depois, Felipe Lapenna, Marcel Coletta e Atilla Abreu se enroscaram no Pinheirinho. Mas nenhuma açao acarretou a volta do Safety Car.

Após isso, a corrida seguiu curso normal, com uma briga mais renhida entre Felipe Fraga com Gabriel Casagrande, alem de um trio formado por Julio Campos, Rubens Barrichello e Daniel Serra.

Com a abertura da janela para parada de box na 10a volta, a prova começou a se decidir: Thiago Camilo foi logo no inicio e esta decisao fez a diferença. Andando com pista limpa, acelerou e contou com um trabalho nao tao bom do entao lider Marcos Gomes, que parou na 14a volta. Gomes voltou na 4a posiçao.

Enquanto Camilo assumia a liderança, Felipe Fraga subia para a 2a posiçao e Daniel Serra ia para a 3a. Situaçao que dava o titulo para o piloto do carro 29. 

Talvez pelo formato diferente da final, os pilotos nao buscaram grandes lutas nas primeiras posiçoes. Fraga ainda tentou um ataque para Thiago Camilo, mas nao em condições efetivas de ganhar a posiçao.

No final, Thiago Camilo fez o que tinha que ser feito: venceu a prova e se consolidou como maior vencedor do ano (6). Mas viu Daniel Serra ganhar a 2a posiçao com um problema no carro de Felipe Fraga na última volta, que caiu para a 6a posiçao. Era mais do que necessário para o titulo.

O resultado de hoje coroou o ano de um piloto que também venceu Le Mans e Petit Le Mans, pela Ferrari. Embora tenha tido problemas ao longo do ano, usou a constância a seu favor e levou o titulo para casa com uma única vitória.

O resultado final da prova foi o seguinte:


 O campeonato de pilotos ficou da seguinte forma:



A Stock Car agora entra de férias e volta na Corrida de Duplas, em 29 de março de 2020, em Goiania.

Foto: Duda Bairros/VICAR


Comments