A F1 2021 PEDE PASSAGEM


por Sergio Milani
Hoje, os principais sites e colunistas de automobilismo mostram o que seria o conceito do novo carro de 2021 da Formula 1 como a "grande novidade".

Mas quem acompanha, prestará atençao que nao há muito diferença para o que apareceu alguns meses atrás (ver este artigo da Racefans.net de abril aqui). Ainda nao é o definitivo, mas caminha para tal. E devem ser isso para ser apresentado em 15 de setembro às equipes e aprovado em outubro.

Mas quais são as modificações?

- Simplificaçao da aerodinâmica:   continuidade da política de asas mais simples. Em conjunto, a superfície dos carros também nao teria tantos ressaltos.  Ainda teríamos a volta das calotas nas rodas, vistas ate 2009 e a volta do bico baixo (o fim do "tubarão" introduzido na década de 90).Tudo para reduzir a tal turbulência.

Em compensação, seria retomado o efeito solo. Hoje, ele está nos carros, mas de modo disfarçado. Mas foi o jeito que a FIA propôs para que se recuperasse parte da carga aerodinâmica perdida com as asas e que os carros andem mais juntos.

Comparaçao da Ferrari deste ano e o uso do efeito solo como se prevê em 2021 (em amarelo - motorsport.com - Giorgio Piola)


Com as regras atuais, estima-se que os carros percam cerca de 50% da carga aerodinamica quando stão atras de outros. A meta é reduzir para 5 a 10%.

- Padronizaçao de partes: A FIA mostrou que adotaria este caminho ao lançar no inicio do ano uma licitaçao para escolha de um fornecedor unico para os cambios da Fórmula 1.

O processo foi abortado. Mas o conceito ficou. A intenção agora é que peças que não apareçam tanto sejam iguais para  todos: neste campo temos freios, sistema de direção, rodas e porcas.

- Proibição de suspensões hidráulicas, cobertores de pneus e congelamento das especificaçoes dos cambios por 5 anos;

- Simplificação dos sistemas de refrigeração e alimentação de combustível;

- Reduçao de 40% no uso do túnel de vento (atualmente, as equipes podem usar 65 vezes por semana, limitadas a 60 horas/semanais e 2 turnos dia).

Outras ideias como redução de pessoal, mudança do formato do final de semana, volta do reabastecimento e redução da ajuda ao piloto ainda estão em aberto. Mas as discussões prosseguem.

As equipes reclamam pois entendem que seria um caminho a uma "Fórmula Spec", com carros com pouca diferenciaçao entre eles. Jocosamente, alguns dizem que ficará um "Indy grande". Mas parece ser uma indicaçao ao caminho correto: mais simples e descomplificado. E isso porque a discussão de motores ficou para depois...

Para ver mais, aconselho este artigo artigos da Motorsport.com (aqui).

Comments

  1. Vai deixar de ser Fórmula Uns.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Vai mudar bem. As equipes estao dando pulos...mas o principal está acordado.

      Delete
  2. Eu acho que por enquanto está legal. O que num pode é continuar como está

    ReplyDelete
    Replies
    1. Alguma coisa tinha que ser feita. Nao se pode negar que estão tentando

      Delete
  3. Vai virar formula indy e vai ser tão merda quanto.

    ReplyDelete

Post a Comment