quarta-feira, 13 de setembro de 2017

A CARTADA FINAL DE ALONSO


por Ialdo Belo

Fernando Alonso chegou no Casino de Monte-Carlo, sentou à mesa de pôquer e fez uma aposta "all in" de 36 milhões de dólares, Este cenário é fictício, mas retrata exatamente a atitude do espanhol em relação ao seu ultimato "ou eu ou a Honda" na McLaren.
Foi uma decisão extremamente corajosa e que, sem dúvida, trará consequências ao futuro dele na F1
Alonso está saindo de uma "zona de conforto", onde, como é de seu costume, sempre podia culpar alguém quando não conseguia bons resultados. Sempre foi assim por onde passou e isso já lhe trouxe o problema de nenhuma das equipes de ponta querer tê-lo como piloto. A bola da vez é a Honda.
A McLaren pagou pra ver a aposta do espanhol e está abrindo mão de dezenas de milhões de dólares trazidos pelos japoneses acreditando em seu piloto. Mas, quais são os possíveis cenários para o time de Woking a partir de 2018?
Ora, todos sabemos que o maior projetista da F1 de todos os tempos, Adrian Newey, não está conseguindo com seus Red Bulls derrotar, em circunstancias normais, Mercedes e Ferrari exatamente por contar com a fraca UP da Renault, que por sinal já deixou Max Verstappen na mão várias vezes este ano. A UP da Renault só é melhor do que a da Honda e o que isso significa? Que a menos que o time de projetistas da McLaren faça um carro com um chassi infinitamente superior aos da Mercedes, Ferrari e Red Bull, Fernando só poderá almejar com regularidade, na melhor das hipóteses, uma briga com a Force India! Ou seja, no normal briga pela sétima posição, na exceção chega na quarta. E onde está a McLaren hoje, então? Quando a UP da Honda não quebra, fica por aí.
Se a Honda resolver junto com Mario Illen o seu problema de confiabilidade, a McLaren na verdade terá trocado seis por meia dúzia e aí é que o bicho vai pegar! Como dissemos no ínicio, são dezenas de milhões de dólares que a equipe está abrindo mão.
Eu não acredito em milagres, ainda mais na F1. Este mesmo Alonso é aquele que estabeleceu a meta de conseguir uma vitória até setembro com a Honda. Puro delírio!
Este mesmo Alonso agora bravateia que com a UP da Renault irá vencer corridas. Pode ser, se tudo der errado para Mercedes e Ferrari, em primeiro plano, e para a Red Bull na sequência.
Aí os fãs dele dirão: "Alonso tira leite de pedra". Bem, além da F1 não ser leiteria, se tirasse mesmo teria conseguido alguma coisa melhor nestes três anos com a Honda. E ainda: existe alguém hoje que realmente acredite que Alonso é capaz de derrotar Lewis Hamilton e sua Mercedes, ou Vettel e sua Ferrari?
Só pagando pra ver e é isso que tanto Alonso quanto a McLaren fizeram.
Se conseguir, vira herói. Se não...



Nenhum comentário:

Postar um comentário