segunda-feira, 4 de abril de 2016

É A ESTRATÉGIA, ESTÚPIDO!



por Ialdo Belo

DIAS DE TROVÃO

Tem uma cena memorável neste filme em que Robert Duvall diz para Tom Cruise: "Os pneus é que vencerão as corridas, cuide bem deles".
Com as novas regras em que as equipes os pilotos da F1 podem escolher dois entre três compostos diferentes, a estratégia está sobrepondo até mesmo motores e chassis.
A Haas já percebeu isso. A Williams parece que não.

BOCA MOLE

Felipe Massa fez, e bem, o papel dele no GP do Bahrain. O estrategista da Williams, mais uma vez, não!
Massa fez uma largada impecável, pulou pra 2ª posição e poderia ter conquistado um lugar no pódio se a equipe inglesa não tivesse insistido numa tática que desde cedo mostrou-se equivocada.
A pergunta que fica é: será que a Williams um dia voltará a pensar como gente grande?

SONHO AMERICANO

Romain Grosjean mostrou que foi acertadíssima sua decisão de se juntar à novata equipe Haas.
Os americanos já mostraram que vieram para ficar... e brigar.
Ainda acho que Estebán Gutierrez não é piloto de F1 e não vai nem de longe ser um Grosjean.
Mas a Haas depende da Ferrari e só por isso o mexicano está lá.
Até quando? A ver.

SANGUE BOM

Essa nova geração de pilotos que chegou na F1 é de arrepiar!
Max Verstappen, Carlos Sainz, Felipe Nasr e agora Pascal Werhlein e Stoffel Vandoorne.
O primeiro destes que pegar um carro de ponta será campeão mundial.

BONDE ERRADO

Por outro lado, pilotos de reconhecido talento, ao que tudo indica, estão perdendo o trem da história.
Nico Hulkenberg, Daniil Kvyat e Valteri Bottas estão se distanciando dos holofotes.

VIAJANDO

A declaração de Alonso de que a McLaren é a única equipe que será capaz de derrotar a Mercedes...
Pura insanidade, é claro!
Vai ver que daí veio a idéia de Johnny Herbert de sugerir a aposentadoria do espanhol.

CHEGA DE GARFO

Lucas Tucci Di Grassi é o melhor piloto brasileiro da atualidade.
Sua tocada cerebral lembra muito a de outro espetacular brasileiro: Emerson Fittipaldi.
Mas, o próprio Emerson afirmou que para ser campeão é preciso ter sorte.
Di Grassi esteve na F1 na equipe e hora erradas. Faltou sorte...
Entretanto, vem comprovando todo o seu talento na formula E.
Se deixarem a disputa na pista e não no tapetão, Lucas nos dará muitas alegrias.




Nenhum comentário:

Postar um comentário