segunda-feira, 24 de agosto de 2015

O QUE MUDOU EM SPA? NADA!


por Ialdo Belo

A HORA DA VERDADE

A corrida em Spa não só revelou como estão as verdadeiras forças na F1.
Ela também mostrou que tem gente blefando e, pior, depois negando.
Foi motivo de chacota na mídia japonesa.

R.I.P. LIGIER

A F1 perdeu no domingo, 23/08,  um dos seus mais emblemáticos personagens.
Morreu Guy Ligier, ex-piloto e chefe de equipe.
Nos seus áureos tempos, a equipe Ligier teve pilotos de talento como Jacques Laffite, Patrick Depailler e Rene Arnoux.

IMBROGLIO

Na confusão que se sucedeu no paddock após o GP da Bélgica pelo estouro do pneu de Vettel, todos culparam mas ninguém encontrou o culpado.
A Ferrari culpa a Pirelli que por sua vez culpa a FIA por não ter aceitado o seu aconselhamento técnico.
No fim, quem perdeu foi Vettel que fez uma corrida fantástica e não merecia isso.

PATETAS

Jamais na história da F1 se viu algo como no box da Williams em Spa.
Um carro com três pneus macios e um médio foi uma trapalhada só.
Curiosamente, se essa “estratégia” tivesse sido adotada pela Ferrari, talvez o pneu de Vettel não tivesse explodido.

ALIÁS

A Williams de Rob Smedley lembra muito a Ferrari de Rob Smedley…
Os erros estratégicos ou trapalhadas são dignos de uma equipe pequena.
Jamais com uma de passado glorioso como o da equipe de Grove.

E SEGUE O BAILE

A Mercedes domina, a Ferrari vem a seguir, a Williams continua em terceiro no Mundial.
Se alguém acha que já viu este filme antes, está certo.
A Fórmula 1 continua a mesma da primeira metade do campeonato.
Ocasionalmente, veremos Lotus, Force India e Red Bull se assanharem um pouco, mas nada além disso.





                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                              



Nenhum comentário:

Postar um comentário