sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

McLAREN REVELA NOVO CARRO; BOULIER DEIXA A LOTUS; WILLIAMS PARTE PARA O TUDO OU NADA.


McLAREN LANÇA MP4-29 SEM PATROCINADOR PRINCIPAL

O novo carro é o primeiro a ser apresentado já que Williams, Force India e Lotus apresentaram imagens computadorizadas dos seus modelos. A cor escolhida até o momento é a cinza metálica, mas esta poderá ser alterada dependendo do patrocinador. O Santander renovou o contrato que mantém com a equipe de Woking desde 2007, quando Fernando Alonso correu por lá, mas não ocupa o espaço de principal. Segundo fontes da própria McLaren, o time tem recursos próprios e a eventual falta de um patrocinador principal não afetaria os planos para esta temporada que será a última com motores Mercedes. Em 2015 espera-se que a Honda seja mais do que uma simples fornecedora de motores e que uma parceria seja efetivamente confirmada.


ERIC BOULIER DEIXA LOTUS E RUMORES O COLOCAM NA McLAREN

O francês Eric Boulier renunciou ao cargo de chefe de equipe da Lotus com efeito imediato. No paddock, as conversas dizem que Boulier substituirá Martin Whitmarsh na McLaren. Sem dúvida é um duro golpe para o time de Enstone que anunciou o nome do seu proprietário Gerard Lopez para ocupar a função. Embora não tenha desmentido os rumores, a McLaren não confirmará Boulier já na apresentação ao vivo do MP4-29. Whitmarsh deixa a McLaren sem nunca ter conquistsdo um título sequer e após a pior temporada da equipe desde sua fundação, fato que exigiu medidas drásticas como a recondução de Ron Dennis ao cargo de CEO da área esportiva, da qual tinha se afastado após o escândalo da espionagem sobre a Ferrari.


NOVO CARRO DA WILLIAMS: VENCER OU PERDER

A Williams adotou o design mais radical dentre todos os carros apresentados até o momento e é possível que seja a única que continue neste caminho. A equipe técnica comandada por Pat Symonds baseou-se em estudos aerodinâmicos que mostram que o bico com o "nariz" seria o que apresentaria o melhor coeficiente. Ficou feio e a exemplo do que aconteceu com a McLaren em 2013, que também optou por um design revolucionário, pode não dar certo. É uma aposta 50%: se funcionar, o time de Grove brigará pelas vitórias; se falhar, não andará nem entre os intermediários.
A ver.


CHANCES DE SCHUMACHER DIMINUEM A CADA DIA

Não é especulação, é fato: renomados neurocirurgiões do mundo inteiro vêm expressando suas opiniões sobre o estado de saúde de Michael Schumacher. Às vésperas de completar um mês em coma no próximo dia 29, o maior vencedor da F1 em todos os tempos pode sim entrar em estado vegetativo pelo resto da vida o que sem dúvida seria uma tragédia para a família e para os milhões da fãs em todo o mundo. O fato do hospital de Grenoble não emitir boletins ou a desastrada estratégia da assessora de imprensa Sabina de querer tapar o sol com a peneira, inclusive emitindo pronunciamentos falsos, não altera a realidade.
Um milagre sempre é possível e é por isso que devemos torcer.


Nenhum comentário:

Postar um comentário