quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

1O COISAS QUE VOCÊ DEVERIA SABER (OU NÃO) SOBRE EMERSON FITTIPALDI


por Ialdo Belo

Foi ele quem abriu as portas para o Brasil na Formula 1, na Indy e mais recentemente está empenhado em popularizar no país a categoria Endurance como promotor das 6 horas de São Paulo.
Além do pioneirismo, Emerson Fittipaldi tem uma história de sucesso por onde passou, o que faz deste brasileiro excepcional, que completa 67 anos hoje, um dos maiores nomes de todos os tempos no automobilismo. Veja porque:

1) conquistou seu primeiro título em monopostos aos 20 anos, vencendo o Campeonato Brasileiro de Fórmula Vee;

2) em 1969 embarcou para a Europa, onde após impressionar na Formula Ford migrou para a Formula 3, vencendo 9 corridas da categoria,sagrando-se campeão já no seu primeiro ano. Recebeu convite de Colin Chapman para estrear na Formula 1, mas recusou por querer adquirir mais experiência na Formula 2;

3) em 1970, iniciou o ano na F2 e após participar de 8 corridas, terminou o campeonato na terceira posição, atrás de Clay Regazzoni e Derek Bell. Em julho, finalmente aceitou o convite de Chapman e estreou no GP da Inglaterra de F1. Na prova seguinte, na Alemanha, marcou seus primeiros pontos e assombrou o mundo ao conquistar sua primeira vitória em sua quarta corrida na F1, o GP dos EUA. Este resultado garantiu o título de campeão post-morten para o companheiro de equipe Jochen Rindt, que havia falecido. Após a morte de Rindt em Monza, Emerson foi promovido de terceiro a primeiro piloto da Lotus;

4) em 1971 a Lotus concentrou seus esforços naquele que viria a ser considerado o melhor carro de F1 de todos os tempos, o Lotus 72D. Por conta disso, Emerson pontuou apenas em 4 das 11 provas, conquistando pódios em 3. Terminou a temporada na sexta posição;

5) em 1972 se tornou o mais jovem campeão da História da F1 até então ao conquistar o título por antecipação em Moza aos 25 anos. Este recorde permaneceria por 33 anos até o primeiro título de Fernando Alonso em 2005;

6) em 1973 só não foi bicampeão por causa de Colin Chapman ter quebrado um acordo em que o piloto que estivesse na frente após a metade do campeonato seria apoiado pelo companheiro de equipe. Emerson venceu 3 das 4 primeiras provas e travava uma dura luta com Jackie Stewart, que contava com o apoio incondicional do segundo piloto da Tyrrel François Cevert, enquanto Chapman liberou Ronnie Peterson para correr contra Fittipaldi no segundo carro da Lotus. No final da temporada, chateado, Emerson trocou a Lotus pela McLaren;

7) em 1974, pela McLaren e já com Stewart aposentado, teve como adversários principais Niki Lauda e Clay Regazzoni com suas Ferraris. Sagrou-se campeão pela segunda vez com uma vantagem de apenas 3 pontos sobre Regazzoni;

8) em 1975, a Ferrari veio como grande força nas mãos de Niki Lauda. Emerson conquistou duas vitórias contra 5 do austríaco e ficou com o vice-campeonato. Em 4 temporadas, Fittipaldi foi duas vezes campeão e duas vezes vice. No ano seguinte, renunciaria a propostas da McLaren e da Ferrari para se dedicar à própria equipe. Apesar das críticas da época por parte da imprensa brasileira, a equipe Fittipaldi chegou, ao longo da sua existência, a terminar o campeonato à frente de potências como Ferrari, McLaren e Alfa Romeo. Foi também a equipe que lançou Adrian Newey para o mundo da F1. Hoje, seria considerada uma equipe de médio porte, como a Sauber ou Force India, mas o próprio Emerson reconhece que o timing foi errado e que deveria ter aguardado mais alguns anos antes de embarcar no projeto;

9) após deixar a F1 no final de 1980, Emerson ingressou na Indy em 1984, tornando-se mais uma vez um dos grandes nomes de uma categoria. Venceu por duas vezes aquela que é considerada a prova de maior prestígio no automobilismo mundial, as 500 Milhas de Indianapolis, e foi campeão mundial em 1989. Retirou-se das pistas como piloto após sofrer um terrível acidente nas 500 Milhas de Michigan, em 1996, que quase o deixou paralítico;

10) Foi casado com Maria Helena com quem teve Juliana, Jayson e Tatiana. Com Teresa foi pai de Joana e Luca. Atualmente está casado com Rossana, com quem teve Emerson e Vittoria. No campo profissioal é o promotor da prova de Endurance 6 Horas de São Paulo, realizada anualmente no autódromo de Interlagos.




2 comentários: