sábado, 5 de outubro de 2013

SAUBER DESCARTA RUBINHO


por Ialdo Belo

A chefe de equipe da Sauber Monisha Kaltenborn descartou hoje qualquer possibilidade de Rubens Barrichello correr pela equipe em 2014.
De acordo com Kaltenborn, ela havia respondido no início desta semana "Vamos ver" ao ser indagada sobre se Rubinho poderia ocupar um dos cockpits da equipe ano que vem apenas para ser "gentil".
Entretanto, ontem ela também já havia declarado que "não havia existido nenhuma conversa com Barrichello".
Monisha veio a público para por fim às especulações após Rubens ter postado em seu Twitter que "Se houver uma oportunidade, estou dentro".
Na verdade, muito se falou sobre a volta de Barrichello, inclusive que ele poderia correr ainda este ano pela equipe suíça em Interlagos, hipótese esta prontamente descartada por Kaltenborn. Entretanto, na nossa percepção, a maneira como o assunto foi tratado e pelos jornalistas envolvidos na divulgação não parece ter sido apenas um boato da "silly season". Acredito mais que as circunstâncias possam ter mudado dentro da própria Sauber. Quem conhece o mundo da F1 sabe que "ser gentil" não faz parte do cotidiano, pelo contrário, e a meu ver restam duas opções: Rubinho pode ter sido usado como instrumento de pressão sobre a dupla de pilotos atuais (é praticamente certo que um deles perderá o lugar caso Sergey Sirotky consiga a super licença) ou Hulkenberg pode ter optado por permanecer no time. Uma coisa é certa: os verdadeiros motivos virão à tona em breve.
Para nós fica a torcida (difícil) para que Rubinho encontre um cockpit para disputar sua 20ª temporada na F1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário