quarta-feira, 2 de outubro de 2013

10 FATOS SOBRE A F1 QUE VOCÊ DEVERIA SABER (OU NÃO)

por Ialdo Belo


Nesses tempos de "silly season" nada melhor do que ocupar espaço com informação de verdade. Fizemos então uma lista com curiosidades sobre a F1. Algumas talvez vocês já conheçam; outra, nunca ouviram falar e ainda tem as que são o oposto do que dizem por aí...
Vamos a elas:

1) a primeira equipe para o qual o renomado projetista ADRIAN NEWEY trabalhou na F1 foi a brasileiríssima FITTIPALDI;

2) também foi pela Fittipaldi que KEKE ROSBERG conquistou seu primeiro pódio na categoria. Na temporada seguinte à sua saída da Fittipaldi, ele foi campeão do mundo pela WILLIAMS;

3) Keke na realidade se chama KEIJO;

4) Keijo é naturalizado FINLANDÊS, mas nasceu na SUÉCIA.

5) já o filho NICO nasceu na ALEMANHA e corre com as cores desse país;

6) o pit stop para reabastecimento e o cobertor de pneus foram inventados por NELSON PIQUET em parceria com GORDON MURRAY, então projetista da BRABHAM. A artimanha garantiu a Nelson o título de 1983;

7) de 1952 a 1982 em média um piloto morria por ano guiando um carro de F1;

8) desde a morte de AYRTON SENNA em 1994 a F1 não teve mais acidentes fatais. Esse período é um recorde absoluto no esporte;

9) quando companheiro de FERNANDO ALONSO na Minardi em 2001, o brasileiro TARSO MARQUES andou mais que espanhol, terminando na frente do asturiano na classificação final do campeonato. Ainda assim, por causa da politicagem na F1, perdeu a vaga para o pay-driver Alex Yoong.

10) ao contrário da lenda urbana, a Williams em que AYRTON SENNA morreu não está exposta no MUSEU DO LOUVRE. Ela foi destruída por ordem de Sir Frank Williams.

Nenhum comentário:

Postar um comentário