terça-feira, 10 de setembro de 2013

MASSA NEGOCIA COM LOTUS E SAUBER


por Ialdo Belo

No exato momento em que estamos escrevendo esta matéria, Felipe Massa já pode estar com seu contrato para continuar na F1 assinado.
Em meio às análises dos prós e contras de cada equipe, o destino do piloto brasileiro está sendo decidido por ninguém menos do que ele mesmo.
O que deve ser levado em consideração são as fortes mudanças de regulamento pelo qual a F1 passará em 2014 e os times que mostrarem melhor adaptação serão, obviamente, os mais beneficiados.
Qual o significado disto? Quem está por cima hoje poderá estar por baixo amanhã. O melhor exemplo reside na McLaren e na Mercedes de 2013. Houve uma inversão de papéis em relação ao ano passado e a antes criticada mudança de Hamilton acabou por provar que, pelo menos para este ano, agiu bem, embora nem ele nem ninguém pudesse afirmar que tal aconteceria.
As opções de Felipe residem em duas equipes que no momento não estão bem financeiramente, mal podendo pagar as contas quanto mais desenvolver um bom carro. Entretanto, aí é que está o pulo do gato: o time técnico por trás de ambas é competente, consegue pensar rápido e encontrar soluções. Na falta de dinheiro, vale a esperteza, como bem mostra a criatividade do povo brasileiro, sobrevivendo às agruras.
A boa notícia é que ambas as equipes estão para fechar acordos sérios que trarão a tão sonhada injeção de capital e se você somar isso ao talento terá a receita para o sucesso.
A Lotus terá recursos provenientes do Infinity Group e ainda uma forcinha extra por parte da Renault. Também continuará com o importante apoio da petrolífera francesa Total - o que significa lugar garantido para Romain Grosjean.
Já a Sauber fechou um pacote financeiro com um consórcio de investidores russos na casa dos 100 milhões de euros, mas para isso precisará ter num de seus carros o jovem Sergey Sirostkin.
Qual necessidade as duas têm em comum para completar o cenário? Um piloto experiente!
Aí é que entra em cena ninguém menos do que Felipe Massa.
O povo brasileiro tem memória curta, então vamos refrescar com alguns fatos: Massa é o piloto que maior sucesso obteve com uma Ferrari durante sua passagem pela Scuderia dentre aqueles que não foram campeões mundiais. Melhor que Mansell, Berger, Barrichello, Villeneuve, Alesi... e aí vai uma lista longa. Massa também provou que é um piloto que joga pelo time e enquanto alguns criticam isso, os chefes de equipe adoram! Se Massa cometeu erros - e qual piloto não comete? A Ferrari errou muito mais, vide o mais recente exemplo no último GP da Itália, e ninguém é cego a isso. E fica a última pergunta: dos pilotos em atividade, quem tem melhor currículo que Massa, excetuando os campeões? A mais respeitada publicação automobilística do mundo, a inglesa Autosport fez um comparativo republicado aqui no blog em que mostrava claramente que Felipe era o piloto que mais havia progredido em relação à temporada do ano passado para esta, exceção a Vettel.
Com todos estes fatos expostos o que podemos afirmar é: Felipe Massa é dono do seu destino e a equipe para a qual correrá em 2014 será opção dele e de mais ninguém!

Nenhum comentário:

Postar um comentário