segunda-feira, 9 de setembro de 2013

KIMI RECEBERÁ 20 MILHÕES DE EUROS NA FERRARI



por Ialdo Belo

Quando fechou seu contrato com a Ferrari para o período entre 2007 - 2009, Kimi recebeu a impressionante quantia de 153 milhões de dólares para as três temporadas, tornando-se o recordista de salários da história da Fórmula 1, batendo Michael Schumacher cujo último contrato foi de 124 milhões de dólares.
Hoje, em tempos de crise e de euros, Kimi saltará dos 3 milhões de euros que recebe da Lotus para 20 milhões de euros na Scuderia, mas, ainda assim, salário inferior ao de Alonso que recebe 30 milhões de euros.
A reunião em Maranello nesta quarta-feira, 11 de setembro, tem até o momento dois cenários possíveis:
a) Montezemolo comunicará pessoalmente a Felipe Massa que seu contrato não será renovado e anunciará em entrevista a dupla de pilotos para 2014: Fernando Alonso e Kimi Raikkonen;
b) Montezemolo anunciará em entrevista que a dupla será Kimi e Massa.
Por mais surpreendente que pareça a última opção, ela permanece em aberto e viável devido a um fato simples: Alonso não quer um piloto que o desafie na Ferrari e por este motivo defende a permanência de Felipe como seu escudeiro. Por outro lado, a Ferrari quer montar uma equipe forte visando o título do Mundial de Construtores que não conquista desde 2008. A partir desta aparente contradição, surgiram os rompantes de Fernando Alonso divulgados pela imprensa ultimamente. O raciocínio italiano, no entanto, é lógico: para a equipe, o Mundial de Pilotos e o Mundial de Construtores devem vir juntos, como nos tempos de Schumacher e Rubinho. Já o raciocínio de Alonso é ganhar o Mundial de Pilotos e, se o de Cosntrutores vier junto, ok. Por isso, essa postura de se colocar em primeiro lugar, à frente dos interesses da Ferrari e tendo um escudeiro correndo por ele.
Por outro lado, o velho discurso adotado por Alonso de sempre culpar o carro pelos seus insucessos, deixou de funcionar. Os italianos tiveram toda a paciência, a meu ver até mais do que o habitual, mas a grosseria de Alonso com Montezemolo foi a gota d'água! A partir dali a Ferrari partiu para o Plano B. Se antes Alonso era ouvido sobre quem deveria ser seu companheiro, isto deixou de existir. Os Vermelhos decidiram tomar definitivamente as rédeas e investiram diretamente pra cima de Kimi a ponto do Dr. Helmut Marko, conselheiro da RBR, declarar a plenos pulmões cerca de um mês atrás: "Perdemos Raikkonen para a Ferrari".
O que se reporta é que Alonso ainda está fazendo de tudo para evitar a assinatura do contrato com Kimi, ameaçando, inclusive, deixar a Scuderia caso isso aconteça. No meio disso tudo é que ainda perduram as incertezas. Entretanto, se a Ferrari não ceder, Kimi será confirmado. Resta saber ao lado de quem.
A ver.


A casa de Kimi Raikkonen, comprada nos tempos do primeiro contrato com a Ferrari, é de longe a mais cara de toda a Finlândia. Possui oito quartos e uma área construída de quase 600m2.

6 comentários:

  1. POST ÓTIMO, MAS POR FAVOR, MUDA ESSE FUNDO, NINGUEM CONSEGUER LER ISSO MAIS DE TRES MINUTOS COM O VERMLEHO ASSIM .. É UMA SUGESTÃO! SUCESSO AMIGO!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sugestão muito benvinda. Estamos aqui não só para informar, mas, também, para proporcionar uma leitura agradável.
      Vamos começar a trabalhar nisso imediatamente.
      Muito obrigado por nos prestigiar.
      Abraços.

      Excluir
  2. A segunda opção, pra nos que a tudo assistimos na telinha, é muito boa, mas estar na pele do Massinha, apesar de continuar na toda poderosa, deve ser desagradável sob o ponto de vista piloto/
    coadjuvante...
    Em tempo, gostei da ideia de alterar o fundo como sugeriu o anônimo acima.
    Forte abç.
    Eduardo Miranda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que se der Kimi e Massa na Ferrari, a briga será boa!
      Estaremos alterando o fundo ainda hje, obrigado pela observação.
      Abraços, Eduardo.

      Excluir
  3. Parabéns pela excelente postagem! Sucesso amigos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. indo de você, Doris, cuja opinião respeito muito, é mais que um elogio, é uma benção.
      Muito obrigado em nome de toda a turma do blog.

      Excluir